Goleiro Bruno pede DNA ao ter mandado de prisão decretado por ter R$ 6 milhões de dívidas a Bruninho

Por Ryan Angelo

19/08/2022

Goleiro Bruno nega paternidade e pede DNA ao ter prisão decretada por dever mais de R$ 6 Milhões em dívidas a filho de Elisa

Goleiro Bruno Fernandes voltou a falar em DNA após ter prisão decretada pela falta de pagamento da pensão alimentícia do garoto.

Anúncio

Goleiro Bruno

De antemão Bruno Fernandes voltou a falar sobre o exame de DNA após ter prisão decretada com dívida milionária por pensão alimentícia do filho Bruninho.

Anúncio

Acontece que enquanto esteve preso ele se recusou a fazer o teste em todos os pedidos da Justiça, que julgou como paternidade presumida no processo de reconhecimento.

VEJA TAMBÉM: MODELO REVELA VERDADEIRO MOTIVO DE TÉRMINO COM CRAQUE

Antes de mais nada após Bruno se negar a fazer exame de DNA em 2010, a justiça reconheceu Bruninho como filho do goleiro, em 2012.

Desde então a dívida do goleiro aumenta mais a cada dia, e agora com receio de voltar a prisão, o goleiro pede por um DNA.

Logo após, Bruno chegou a dizer em seus stories que estaria disposto a ir para a TV fazer um teste de DNA ao vivo.

“Faço um apelo aos programas sensacionalistas. Topo um DNA ao vivo!“, publicou ele.

Vale lembrar que a Justiça não reconhece os testes feitos nesse tipo de quadro.

Em suma, em nome do neto, hoje com 12 anos, Sônia entrou na Justiça em 2014 pedindo indenização de R$ 6,4 milhões por danos morais e materiais ao menino, filho do goleiro Bruno e Eliza Samudio.

“Um patrimônio inestimável, irrecuperável, insubstituível”, sustenta ela: “O menino foi indesejado, amaldiçoado e violentado, agredido fisicamente e psicologicamente ao ser arrancado dos braços de sua mãe, sem piedade”.

AQUI VOCÊ ENCONTRA O MELHOR SITE DE TV ONLINE GRÁTIS DO BRASIL! ASSISTA EM TEMPO REAL 24H POR DIA E ACOMPANHE AS MELHORES NOTÍCIAS DOS FAMOSOS E DO MUNDO COM EXCLUSIVIDADE!

Anúncio
Total 0 Votos
0

Diga-nos como podemos melhorar e resolver o problema

+ = Verificar Humano ou Spambot?

TAGS

Compartilhe

MAIS NOTÍCIAS
ADICIONAR COMENTÁRIOS

site statistics