Homem é condenado por matar garota de programa em motel

Por André Felipe

25/05/2022

Caíque Castro  julgado na quinta (19) por atirar no rosto de Luana Garcia, de 18 anos, em maio de 2021 em Santo André.

Primeiramente, Caique Castro julgado por feminicídio depois de matar uma GP dentro de um motel.

Anúncio

O motivo da morte seria porque Luana se recusou a fazer o programa, mesmo ja dentro do motel.

o Crime aconteceu em 2021 em Santo André, no ABC Paulista.

Contudo, o homem deu um tiro no olho esquerdo da vítima dentro do quarto e fugiu.

VEJA TAMBÉM: No ‘Power Couple’, Karol causa treta depois da prova com estratégia estranha: ‘Tem que anular’

Contudo, Caíque Santos Castro foi preso pela polícia à época depois de se entregar.

Entretanto, alegou que o disparo foi acidental, porém, a maioria dos jurados não acreditou nesta versão e entendeu que ele teve a intenção de matar Luana Garcia.

A vítima  tinha apenas 18 anos.

Ele recebeu uma pena de 12 anos de prisão em regime fechado.

Segundo a Justiça, ele foi condenado por homicídio qualificado com recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

Feminicídio é matar uma mulher por menosprezo e discriminação de gênero.

Naquela ocasião, Caíque estava acompanhado de um amigo na boate.

Por fim, Caíque saiu do quarto após balear Luana e ameaçou atirar também na recepcionista do motel.

ACESSE: Os melhores produtos da internet e com os melhores preços!!!

Compartilhe

MAIS NOTÍCIAS
ADICIONAR COMENTÁRIOS

site statistics